Game Of Thrones
Reprodução: HBO

Sendo finalizada de forma grandiosa, porém dividindo muito as opiniões de seu público, é um fato que Game of Thrones causou um impacto nunca antes visto em meio ao mundo dos seriados.

Revolucionando a maneira como séries são tratadas e tornando-se um ícone permanente na cultura pop, o seriado deixou milhões de seus fãs órfãos ao terminar em sua oitava temporada.

Com tantos Seriadores ao redor do mundo sedentos por novidades vindas do mundo de Westeros, não foi só um, mas sim muitos planos de trazer séries derivadas deste universo.

Algumas ideias foram abandonadas, mas outras foram confirmadas pela HBO. Está curioso para saber mais sobre estes spin-offs de Got? Então vem com a gente e descubra tudo que sabemos até então!

A Longa Noite

Com o título original em inglês “The Long Night”, a série foi anunciada pouco após a oitava temporada começar a ser exibida, e não tão depois, a ideia foi abandonada.

O projeto inicialmente chamado de “Bloodmoon” traria Naomi Watts em seu elenco principal, uma atriz britânica mais conhecida pelos filmes das franquias O Chamado e Divergente.

Um piloto chegou a ser produzido, e a série traria uma história ambientada cerca de 5 a 3 mil anos antes dos acontecimentos de Game of Thrones, dando foco para a origem dos Vagantes Brancos.

A produção foi interrompida para discussões acerca de sua procedência, e então foi oficialmente cancelada por conta da preferência dada a outro projeto, o qual falaremos logo em seguida.

De acordo com o chefe de programações da emissora, Casey Bloys, o motivo da decisão foi pelo fato de essa ser uma história original, a qual não teria os textos de George R.R. Martin para os orientar.

Jane Goldman, roteirista da série, teve de criar do zero costumes, dialetos e a trama em si, o que apesar de não ter desapontado, se distanciou demais do material base de Martin, e de sua proposta.

Por conta destes motivos, a proposta foi então retirada do cronograma oficial da HBO, e a possibilidade de futuramente voltarem com a ideia é algo que apesar de ser discutido pelos fãs, não passa de rumores.

A Casa Do Dragão

Com o título provisório em inglês “House Of The Dragon”, essa é a produção em que todos, inclusive a HBO, depositam sua fé. Sendo o motivo por abandonarem o projeto anterior.

A premissa do seriado é mostrar as antigas gerações dos tão poderosos, porém esquecidos Targaryens, antigos governantes e dominadores de dragões de Westeros.

+Quem Você Seria Em Game Of Thrones? Faça O Teste!

É especulado que a série seja uma antologia, mostrando a cada temporada diferentes décadas na história do governo da casa. Se passando por volta de 200 a 300 anos antes de Got.

A produção contará com a supervisão de Martin, e a trama será baseada no livro “A Dança Dos Dragões”, o quinto livro da saga “As Crônicas De Gelo e Fogo”.

Sendo baseada em uma obra já pronta, o seriado foi motivo de preferência da HBO, pois diferente de “A Longa Noite” eles não correm o risco de irem as cegas com o projeto.

A Casa Do Dragão é prevista para ser lançada em 2022, sendo que essa data foi estipulada por Casey Bloys em um evento da Television Critics Association.

Os Jogos De Game Of Thrones

Com o seu estrondoso sucesso, Got não poderia ter ficado apenas em uma só mídia, então além dos livros e da série, vamos ver alguns dos jogos eletrônicos oficiais que expandem esse rico universo.

Em 2011 foi lançado o primeiro jogo oficial da série. Chamado “A Game of Thrones: Genesis” e desenvolvido pela Cyanide, o game foca em estratégias de batalha em tempo real, sendo exclusivo para PCs.

Em 2012 foi lançado um game de RPG, ação e aventura desenvolvido pela Atlus. Com o título apenas como “Game of Thrones”, você é colocado na pele de Alester Sarwyck e Mors Westford, paralelamente aos acontecimentos da primeira temporada da série. O jogo está disponível para PC, Playstation 3 e Xbox 360.

+Somente fãs de Game Of Thrones vão acertar essas 15 perguntas sobre a série!

Em 2013 lançou-se então “Game of Thrones Ascent”, desenvolvido pela Disruptor Beam, e disponibilizado para Android, IOS e para navegadores de internet. O jogo lhe da a opção de criar seu próprio avatar, e de maneira minimalista lhe possibilita criar diálogos e fazer missões pelo mapa.

Em 2014 foi então lançado o maior e mais popular jogo da franquia. Chamado de “Game of Thrones Season 1”, o jogo foi feito aos moldes dos games de sucesso da franquia The Walking Dead, sendo um game de Point-and-Click focado em enredo e baseado em escolhas feitas pelo jogador.

O jogo foi desenvolvido pela antes aclamada, porém hoje falida Telltale Games, e está disponível para Android, iOS, PC, PlayStation 3, PS4, Xbox 360 e Xbox One. A história foca em explorar a casa e família Forrester, trazendo um roteiro original e aparições de personagens conhecidos do seriado.

Game of Thrones Conquest” é um jogo gratuito que teve sua estreia em 2017 pela WB Games para Android e IOS. Apesar de seu título, o jogo é apenas uma adaptação do jogo Game of War, implementando elementos da série no jogo original.

O último jogo lançado se chama “Reigns: Game of Thrones”, desenvolvido pela Devolver Digital para PC, IOS e Android. Estreando em 2018, o game traz um gameplay simples com foco em tomar decisões arrastando a tela para a esquerda e para a direita.

Sucesso Garantido

Quaisquer que sejam os produtos lançados trazendo a marca Game of Thrones, é de se esperar que tenha uma boa visibilidade e bons números de vendas.

Além de jogos digitais e de tabuleiro, e dos mais variados tipos de produtos (canecas, camisetas etc.), a franquia possui 24 HQs publicadas pela Dynamite Entertainment, seguindo paralelamente aos acontecimentos do primeiro livro da saga.

Enfim queridos Seriadores, o que vocês acham dos projetos de séries paralelas da série original? Botam fé ou não estão tão empolgados?

E sobre os jogos e outras mídias, já chegaram a jogar os games ou a ler algum dos quadrinhos? Deixem suas opiniões abaixo nos comentários!

Valar Morghulis!